“Compreensão mútua, torna mais fácil o trabalho em conjunto”

A participar no exercício “Blade” desde 2012, o Destacamento dos Países Baixos trouxe 250 pessoas para o #HotBlade2021, com tripulações aéreas, tripulação de voo, infantaria, forças especiais e o pessoal responsável pelo apoio.

Major Ernst van Lankveld, do Destacamento dos Países Baixos, falou sobre a importância deste exercício referindo-se ao Hot Blade 2021 como “uma oportunidade única de realizar operações conjuntas desafiantes num ambiente também ele desafiante”.

Para o Major do destacamento dos Países Baixos “a socialização com os outros países traz oportunidades de nos conhecermos, não só profissionalmente, mas também a nível pessoal, para nos compreendermos melhor e podermos estender esse vínculo para o campo profissional” o que na sua opinião “facilita a compreensão mútua, tornando mais fácil o trabalho em conjunto”.

O exercício pelo facto de reunir diferentes países e diferentes forças armadas dá a possibilidade aos participantes de treinar operações combinadas em ambientes desafiantes e partilhar experiências melhorando a interoperabilidade, que é um dos principais objetivos do exercício da Agência Europeia de Defesa.