“Mentor Team” do Hot Blade 2021

A “Mentor Team” presente no Hot Blade 2021, composta por sete elementos da Áustria, Suécia, Países Baixos e da Alemanha, vai estar a acompanhar a preparação e execução das missões de todas as forças participantes até ao final do exercício. 

Segundo Chris Kappl, Leader da Mentor Team, a grande vantagem de ter na equipa pilotos e membros da tripulação de diferentes países é a possibilidade de partilhar diferentes experiências e conhecimentos com os militares, apoiando-os durante o treino.

O Hot Blade 2021 tem o objetivo de treinar e melhorar a interoperabilidade de operações entre os Estados-Membros da Agência Europeia de Defesa (AED), e o papel da “Mentor Team” é garantir essa vertente, conforme explica o mentor Jonas Höglander:  “cada nação tem diferentes regras e formas de fazer as coisas, e o nosso papel é implementar procedimentos de atuação comuns para que possamos voar com várias nações com maior facilidade”.

Esta equipa está inserida no programa da AED, referindo que a interoperabilidade é a base de tudo o que é feito.